Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Jogo com 4 balizas

por adrb, em 15.12.12

... e 3.ª parte de pesadelo!


Estava na cara que o recinto de jogo não oferecia as mínimas condições de segurança para a prática desportiva.

Mesmo assim, público e jogadores foram sujeitos a cinco penosos minutos de um mix de patinagem artística, dança e qualquer coisa parecida com futsal.

Faltou rigor à dupla de arbitragem, terá sobrado alguma má fé aos visitantes.

Aos homens do apito bastava ter assistido a dois minutos de aquecimento para mandar todos para o chuveiro antes mesmo do apito inicial.

Aos responsáveis do Vidigalense impunha-se bom senso pois não consta que os seus atletas usassem sapatilhas especiais (para sermos frontais, e isto não vincula ninguém da ADR Barreiros, apenas quem escreve estas palavras, não terá sido alheia à sua decisão de forçar o início do jogo, o facto de o nosso capitão ter um jogo de castigo para cumprir).

Decorridos cinco minutos (mas podia ter sido logo no primeiro) chegou, finalmente, a decisão que se impunha. Acabar com o jogo.  E, mesmo assim, porque o público começou a assobiar ruidosamente. 

E então encontrou-se uma decisão alternativa. Continuar o jogo no pavilhão dos Pousos (casa dos visitantes).

A viagem fez-nos bem. De tal forma que, reatado o jogo, com lançamento lateral a nosso favor, chegámos de imediato ao golo.

A equipa reforçou os níveis de confiança e partiu para um resto de "segunda" parte revelando altos índices de concentração e coesão. Aos 20', chegámos ao 2-0, de novo com Duarte a finalizar ao segundo poste. 

Com este resultado se chegou ao segundo intervalo. Mesmo esperando a natural reação dos, agora, visitados, nada fazia prever o que se passou a seguir.

Dificilmente uma equipa acumulará tamanha sucessão de deslizes. Impossível, outra voltar a ser tão feliz na finalização.

Vamos a factos.

Trinta segundos bastaram para sofrermos o 1.º golo. Pouco lestos a afastar a bola, peritimos três remates na mesma jogada com a bola a ultrapassar (ou não) a linha de golo.

Antes dos cinco minutos um atleta do Vidigal viu segundo amarelo e deixou-nos em vantagem numérica. Para potenciar o desequilíbrio, Leandro apostou no GR avançado e ... o impensável aconteceu. Uma precipitada tentativa de finalização, a jogar 5x3, levou a bola a um dos três jogadores de campo do nosso opositor e ... surgiu o primeiro de três golos de área a área.

O empate deixou marcas. Consentimos o terceiro golo, num remate cruzado que parecia inofensivo e oferecemos o quarto numa perda de bola que deixou o jogador adversário isolado. Tudo isto em menos de 20 minutos.

A perder voltámos a apostar no GR avançado. Criámos algumas situações em que faltou a emenda na cara do GR e, na sequência de um lance em que Ângelo podia ter reduzido, mesmo em cima da linha de golo, sofremos novo golo de costa a costa. E outro, da mesma forma, quando o cronómetro já estava a dar as últimas.

Resumindo. Vitória que não se pode contestar de quem apresentou mais e melhores argumentos mas, aqui e ali, bafejada por momentos de rara felicidade pois não é normal (nem em níveis de competição bem superiores) ser tão eficaz nos remates de looooonga distância.

 

CAMPEONATO DISTRITAL DA 1.ª DIVISÃO - Zona Norte

 

        ADR BARREIROS   

  2  

     VIDIGALENSE     

  6  

2 – 0 (int.)

 

Data

14.Dezembro.2012

Pavilhão

Pavilhão Gimnodesportivo Barreiros / Pavilhão Pousos

Árbitros

Carlos Francisco / Pedro Marques

 

 

Titulares

 

Marino; João, Filipe (cap.), Telmo e Duarte

 

Sup. Ut.

 Ângelo, Caldeira e Fábio

N/ Ut.

 Emanuel e Ricardo (GR) e Lino

Treinador

 Leandro Rosa

Delegados

 Jorge Silva / Cláudio Serrano

 

Tempo

   Res.  

  Marcador

05'

20'

31'

35'

43'

48'

55'

60'

1 - 0

2 - 0

2 - 1

2 - 2

2 - 3

2 - 4

2 - 5

2 - 6

 Duarte

 Duarte

 Vidigalense

 Vidigalense

 Vidigalense

 Vidigalense

 Vidigalense

 Vidigalense

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:46



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D